Prefeitura, Ministério da Agricultura e Embrapa promoveram curso sobre consumo de azeite de oliva, nesta quarta

14/11/2013 11:05
Confira abaixo notícia veiculada pela imprensa da prefeitura:
 
----
 
O consumo de azeite de oliva no Brasil cresceu 170% nos últimos cinco anos e, atualmente, o país é considerado o segundo maior importador do produto, no mundo. Este potencial mercado vem chamando a atenção de produtores e, claro, do poder público. E, com objetivo de educar os consumidores, o Ministério da Agricultura e a Embrapa Clima Temperado, em parceria com a prefeitura, promoveram o “Curso de Sensibilização de Azeite de Oliva”, nesta quarta-feira (13), à noite.
 
O curso, voltado a chefs de cozinha e empreendedores da área gastronômica, desenvolveu e potencializou o paladar dos convidados para o consumo de azeites de oliva de melhor qualidade, a partir de apresentações técnicas, degustação e identificação de garrafas. O fiscal federal do Ministério da Agricultura, Ricardo Furtado, destaca que a intenção é multiplicar as informações a partir de um grupo seleto de degustadores. “Constatamos que um dos problemas do país é a má qualidade do azeite”, explica.
 
Para o prefeito Cezar Schirmer, que acompanhou de perto o curso, este é um mercado ainda pouco explorado na região central do Rio Grande do Sul. “Santa Maria tem todas as condições para o plantio de oliva. Da região, apenas Caçapava produz. Por isso, precisamos investir nessa cultura que está em pleno crescimento no país”, comentou. O chefe do Executivo ainda destacou a importância do curso. “Estas palestras são importantes para que possamos despertar nos empreendedores esta sensibilização”, sinalizou.
 
De acordo com o pesquisador da Embrapa, Enilton Fick Coutinho, que foi um dos palestrantes da noite, existem muitos mitos que precisam ser “quebrados”. “Queremos despertar as pessoas para o tipo de produto que estão consumindo e sua qualificação. Há muitos mitos sobre este assunto que devem ser trabalhados e explicados”, disse. O pesquisador acrescenta que o objetivo também foi disponibilizar todas as informações técnicas para consolidar a olivocultura como uma alternativa de produção no município.
 
Durante o curso, os convidados degustaram cerca de 40 marcas de azeites, nacionais e internacionais, e aprenderam a diferenciar as especificidades de cada produto. Esta foi a quarta edição da palestra e primeira realizada no interior do Estado, neste ano – as outras três haviam sido ministradas em Porto Alegre e Esteio, na região Metropolitana.
 
Brasil é o maior consumidor de azeite de oliva do mundo
 
O Brasil consome, atualmente, 70 mil toneladas de azeite de oliva por ano e é considerado, atualmente, o maior consumidor o segundo maior importador do produto do planeta. “Deste volume, entre 60% e 80% do que é importado e consumido no país estão fora dos padrões nacionais e internacionais exigidos por lei”, acrescentou o pesquisador da Embrapa, Rogério Oliveira Jorge, que também ministrou o curso.
 

 

Jornalista Luiz Otávio Prates
Foto: Vitor Miraihl 
 
Para ler direto da fonte, Clique Aqui!
----

 

Para compartilhar isto com amigos,

utilize a barra vertical de compartilhamento

lado esquerdo da tela

 

 

Logo abaixo você pode comentar utilizando o Facebook. Como está em inglês ai vão algumas traduções:
  • Add a comment.... = Adicionar um comentário...
  • Posting as = Postar como
  • (Not you?) = (Não é você?)
  • Comment = Comentar
  • Post to Facebook = Postar no Facebook. (Se tiver marcada vai para a sua linha do tempo)
  • Reply = Responder
  • Like = Curtir
  • Follow Post = Seguir Publicação
  • Comment using... = Comentar usando... (Há as opções de comentar pelo Facebook, Yahoo, Aol e Hotmail)